10/06 2017 10 de junho –Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Beautiful collage of all kind of different tiles of the houses of Lisbon, Portugal
10 de junho é, se calhar, a data mais importante no calendário da cultura portuguesa, dado que é o Dia Nacional de Portugal, o dia da morte de Luís Vaz de Camões (1580), o génio da literatura portuguesa e o autor da obra monumental «Os Lusíadas» (Lusiada – tradução em romeno por Aurel Covaci, 1965) e o dia das Comunidades Portuguesas.
De facto, o dia 10 de junho é, na origem, o dia da cidade de Lisboa, que decidiu desta forma prestar homenagem ao grande poeta Luís Vaz de Camões e evocar, ao mesmo tempo, o caráter extraordinário de Portugal e da sua herança. A data foi escolhida depois das mudanças legislativas que tiveram lugar apenas alguns dias depois da Implementação da República (5 de outubro de 1910). Através do Decreto-Lei de 12 de outubro, foi concedida às municipalidades a possibilidade de escolher a data em que pretendiam organizar os dias da cidade. A razão detrás dessas mudanças estava relacionada com a ideia de laicizar o estado e eliminar todas as conotações religiosas associadas dantes com os dias de importância nacional. Isso tornou-se ainda mais evidente durante o período do Estado Novo, durante a ditadura de António Oliveira Salazar, quando 10 de junho se tornou feriado nacional, graças aos meios de comunicação social e adquiriu conotações nacionalistas. Uma vez que o regime ditatorial foi substituído, as conotações propagandistas foram eliminadas e o lugar central foi concedido ao espírito democrático, espírito que caraterizava as comunidades portuguesas do mundo inteiro, que tinham sido constituídas através das várias ondas de emigração durante a ditadura.
Como feriado nacional, 10 de junho assombra um outro feriado importante, não menos espetacular, principalmente para os turistas – no dia 13 de junho, Lisboa festeja o dia de Santo António, o protetor da capital portuguesa e personagem religiosa de grande importância. Quem já visitou Lisboa durante as festas de Santo António, terá contado aos curiosos tudo sobre a festa gigantesca que é animada por todos os habitantes da cidade, sobre o cheiro de sardinhas assadas e manjericão que inundam as ruas estreitas de Alfama. Uma lembrança difícil de apagar da memória.
Em 2017, as cidades escolhidas para acolher as cerimónias do Dia Nacional de Portugal são o Porto, Rio de Janeiro e São Paulo. Portanto, se tiverem a sorte de se encontrarem em qualquer dessas cidades na data mencionada, não hesitem em nos enviar opiniões e fotografias!